image

Efeito da luz visível sobre a pele

  • eBook
  • 477
Já foi comprovado que a luz visível promove pigmentação cutânea mais intensa que a radiação UVA.
O objetivo de um estudo conduzido por Mahmoud . (2010) foi determinar os efeitos da exposição à luz visível (400 a 700 nm) sobre as pigmentações imediata e tardia da pele melanocompetente (fototipos IV a IV), sendo que os resultados obtidos foram comparados àqueles oriundos da exposição à radiação UVA (340 a 400 nm).

Para saber mais, baixe o E-Book gratuitamente! Clique Aqui.